SkyscraperCity banner
1 - 20 of 43 Posts

·
Registered
Joined
·
911 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Braga cria academia superior para pilotos de linha comercial e investigação em aeronáutica
domingo, 08-07-2012
Diário do Minho
BRAGA A Universidade do Minho, a Câmara de Braga e o Instituto de Formação Aeronáutica vão criar a Academia Aeronáutica do Minho. Formar pilotos de linhas comerciais e fazer investigação é o objetivo do projeto. Os cursos arrancam em setembro e prometem relançar a importância do aeródromo de Braga. Cursos de nível europeu vão arrancar em setembro Braga cria academia superior para pilotos de linha comercial e investigação em aeronáutica Futura Academia de Aeronáutica do Minho promete projetar aeródromo de Braga para um outro patamar de importância tituição formal da parceria que dará forma concreta ao projeto é levada à reunião camarária do próximo dia 12, com caráter de urgência. A celeridade processual foi pedida pelo vice-reitor da Universidade do Minho para a inovação e projetos especiais. Num ofício enviado ao vice-presidente da Câmara de Braga, o vice-reitor José Mendes faz saber que o tempo urge para que os cursos se iniciem já em setembro/outubro . Assumido como um projeto mobilizador e de grande interesse para as partes [envolvidas], para o município e a cidade de Braga e para a região , a Academia de Ciências Aeronáuticas vai adotar a designação inglesa UMASA (University of Minho Aeronautical Sciences Academy) e promete ser um centro de excelência , apostado no reconhecimento internacional dos seus programas de formação para pessoal navegante e de manutenção, bem como na investigação e desenvolvimento no domínio das ciências aeronáuticas.

JOAQUIM MARTINS FERNANDES A Universidade do Minho (UM) vai criar um centro de excelência na área da aeronáutica e da aviação civil. A futura Academia de Ciências Aeronáuticas do Minho deverá arrancar no próximo ano letivo e tem como objetivo formar pilotos de linhas comerciais e técnicos de aeronáutica. O futuro centro será também palco para a realização de projetos de investigação e desenvolvimento no domínio das ciências aeronáuticas.
Para a concretização do projeto, a academia, a sediar em Braga, vai contar com a colaboração direta e permanente de mais dois parceiros: a Câmara Municipal de Braga, que cede o aeródromo de Palmeira para a formação na componente prática, e o Instituto de Formação Aeronáutica (IFA). Certificado pelo Instituto Nacional da Aviação Civil, que é a autoridade máxima nacional, o IFA ministrará a formação prática dos cursos diretamente ligados à aviação comercial. O projeto é para arrancar já no início do próximo ano letivo, que começa em setembro, e a convicção é que a parceria entre a Universidade do Minho, a Câmara Municipal de Braga e o Instituto de Formação Aeronáutica vai garantir uma nova dinâmica ao aeródromo de Palmeira, não estando excluída a possibilidade de o equipamento conquistar, através da Academia de Ciências Aeronáuticas, uma nova dimensão.
A proposta para a consA UMASA – University of Minho Aeronautical Sciences Academy vai ministrar cursos para pilotos de aviação comercial, técnicos de manutenção aeronáutica e técnicos de gestão e operação de voo, dentro dos rigorosos parâmetros da legislação europeia , assegura o memorando que vai ser votado na reunião de vereação. Com um enquadramento académico que visa atribuir aos formandos graus formais ou não formais com a chancela da Universidade do Minho , a UMASA vai também participar em programas de investigação e desenvolvimento das ciências aeronáuticas, incluindo a mecânica de aeronaves, a aviónica, os materiais avançados e as interfaces homem-aeronave . Os cursos que integram a formação formal de ensino superior serão preferencialmente mestrados, mas sem prejuízo de serem também licenciaturas, precisa o protocolo a que o Diário do Minho teve acesso. A Academia de Ciências Aeronáuticas do Minho será supervisionada por uma Comissão de Acompanhamento, a que presidirá a UM e na qual têm a assento a Câmara de Braga e o Instituto de Formação Aeronáutica, sediado em Sintra. O protocolo que a autarquia bracarense deverá aprovar quinta-feira é válido por 5 anos, podendo ser renovado por igual período de tempo.
Projeto privilegia formação pós-graduada A Universidade do Minho vai criar um centro de excelência na área da aeronáutica e da aviação civil. A futura Academia de Ciências Aeronáuticas do Minho deverá arrancar no próximo ano letivo e tem como objetivo formar pilotos de linhas comerciais e técnicos de aeronáutica. O futuro centro aeronáutico será também palco para a realização de projetos de investigação e desenvolvimento no domínio das ciências aeronáuticas.
Cursos de nível superior europeu arrancam em setembro Braga vai criar Academia de Ciências Aeronáuticas BRAGA PÁGINA 2 ARQUIVO DM
«o texto constante desta página foi gerado automaticamente por OCR (Optical Character Recogniser), pelo que é passível de conter gralhas ou erros ortográficos resultantes dessa conversão.»

http://umonline.uminho.pt/uploads/clipping/NOT_67351/4269432542694325.pdf
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
É melhor mudarem o actual curso de engenharia aeronáutica da Covilhã para Braga, não?
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
Não, porque entretanto terminaram com o aeródromo na Covilhã.
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
Tinha? Não sei... Mas era pelo menos algo que não deveria passar-lhe ao lado...
 

·
Registered
Joined
·
22,805 Posts
Para um curso de engenharia aeronautica um aerodromo desses é totalmente irrelevante. Não tem nada a ver com o curso, aliás.
 

·
Registered
Joined
·
325 Posts
Alguém me pode informar quais são as restantes academias de aeronautica em Portugal?
 

·
Registered
Joined
·
13,887 Posts
O Técnico também tem um curso de aeronáutica.
Na FEUP há uma associação de aeronáutica feita por alunos (que até já lançou um satélite), mas penso não haver nada a nível institucional (tipo Departamento de Aeronáutica ou coisa similar).
 

·
Registered
Joined
·
325 Posts
hm obrigado ;)
 

·
Registered
Joined
·
325 Posts
Universidade do Minho cria academia de aeronáutica
Lusa
24 Jul, 2012, 17:13

A Universidade do Minho (UMinho) está a criar uma academia de ciências aeronáuticas para a formação de pilotos em "contexto universitário" e para desenvolver investigação na área da aeronáutica.
Em entrevista à agência Lusa, o vice-reitor da UMinho, José Mendes, explicou que o objetivo da instituição é "arrancar" com o curso de piloto até ao final do ano, que terá um custo de cerca 50 mil euros para o aluno.

A criação da UMASA, University of Minho Aeronautical Sciences Academy, é uma parceria entre a UMInho, a Câmara Municipal de Braga e o Instituto de Formação Aeronáutica (IFA).

"O objetivo deste projeto é formar pilotos de linha áerea, mas em contexto académico. Não há nenhum curso destes em Portugal a decorrer numa universidade. Esta é a nossa inovação", afirmou José Mendes.

No entanto, salientou, "não se trata de uma licenciatura".

O curso será composto por duas vertentes: a teórica, preenchida com 750 horas, a ministrar na UMinho, e uma prática, de 195 horas, numa parceria com o IFA.

"Os exames serão feitos por entidades externas, certificadas para isso, pelo que este será um curso com reconhecimento na formação de pilotos para a aviação civil. Não é uma escola de pilotos privados, mas sim para formar profissionais", explanou o responsável.

Para ingressar neste novo curso da universidade minhota é necessário ter o 12.º ano concluído, conhecimentos de Matemática e Física, assim como de Inglês, uma vez que as aulas serão dadas nesta língua.

"Queremos ter também alunos de outros países a formarem-se pilotos aqui em Braga", justificou o vice-reitor, que deu ainda conta de que "haverá cursos de preparação nas disciplinas em que se exige conhecimentos", uma vez que "os candidatos terão que realizar uma prova de ingresso".

Além da formação, a futura academia terá, numa segunda fase, uma "forte" componente de investigação.

"A Uminho tem a componente de investigação muito patente na sua ação e esta academia não fugirá a esse objetivo. Pretendemos que seja também um polo de investigação da engenharia aeronáutica, engenharia de materiais, entre outras", explanou José Mendes.

A Câmara Municipal de Braga é um dos parceiros da academia minhota, tendo já cedido o aeródromo da Palmeira para o projeto.

Esta cedência foi aprovada na última reunião do executivo camarário.

A apresentação oficial da UMASA vai ser feita na quarta-feira, em conferência de imprensa, na UMinho.
..
 

·
Registered
Joined
·
325 Posts
Academia de Ciência Aeronáuticas UMASA​


Curso de Piloto de Linha Aérea (ATPL - Airline Transport Pilot’s License)

INSCRIÇÕES ABERTAS




A nova Academia de Ciências Aeronáuticas da Universidade do Minho UMASA, que resulta de uma parceria da Universidade do Minho com o IFA (Instituto de Formação Aeronáutica), irá promover o Curso de Piloto de Linha Aérea (ATPL - Airline Transport Pilot’s License) .



O programa de formação foi desenvolvido segundo as mais rigorosas diretivas europeias e internacionais e garante aos participantes as competências técnicas necessárias para a obtenção de uma licença para o exercício da profissão de Piloto de Linha Aérea. O curso representa a oportunidade de enveredar por uma promissora carreira internacional com excelentes perspetivas de empregabilidade.

A formação teórica dos cursos UMASA decorre no Campus Universitário de Gualtar, em Braga, enquanto a componente prática de voo decorre no Aeródromo Municipal de Braga, no âmbito de um Protocolo celebrado com a Câmara Municipal.



Duração total: 750 horas (componente teórica) e 195 horas (componente de voo).



Calendarização:

- inscrições até 31 de Outubro;

- início do curso em Novembro de 2012, com duração prevista de um ano.



Requisitos mínimos de candidatura:

- 18 anos de idade;

- 12.º ano de escolaridade concluído;

- conhecimentos médios de matemática, física e inglês (a UMASA disponibiliza, se necessário, cursos de preparação para colmatar eventuais lacunas de competências nestas áreas).



Esclarecimentos adicionais / inscrições:

Tel. +351 253 604 018 - Dra. Anabel Goulart/Dra. Cristina Ribeiro

email: [email protected]

web: www.umasa.uminho.pt

....
 

·
CS-TMP
Joined
·
2,550 Posts
Não sei para quê tanta oferta na área da formação... Indústria aeronáutica é o que é preciso e não mais estabelecimentos de ensino.
 

·
Registered
Joined
·
325 Posts
A oferta formativa atual da UMASA inclui os seguintes cursos:

• Curso de Piloto de Linha Aérea (ATPL - Airline Transport Pilot’s License)
• Curso de Piloto Particular de Helicóptero PPL (H)
• Curso de Instrutor de Voo (FI)
• Curso de Assistente e Comissário de Bordo
• Qualificações Tipo (Type Ratings)

Serão abertos em breve os seguintes cursos:

• Técnicos de Manutenção Aeronáutica
• Técnicos de Gestão e Operação de Voo
Não fazia a mínima que já estavam estes cursos todos em funcionamento
 

·
Registered
Joined
·
589 Posts
Não fazia a mínima que já estavam estes cursos todos em funcionamento
Não sei para quê tanta oferta na área da formação... Indústria aeronáutica é o que é preciso e não mais estabelecimentos de ensino.
:)

Gostava de saber o número de alunos (e, mais tarde, onde foram colocados)
 

·
CS-TOD
Joined
·
1,200 Posts
Mais uma escola.... se com tanta concorrência baixassem os preços é que era :D
 

·
Registered
Joined
·
11 Posts
Boas a todos. Pelo que vejo, esta é uma das melhores ofertas, de momento. A UMASA acompanha o aluno, após este terminar o curso de ATPL, até este ser contratado por uma linha aérea. A mim parece-me que esta nova academia está em crescimento e, quando comparo com as restantes (Gestair, OMNI, Leávia), esta destaca-se a nível de empregabilidade e de apoio ao aluno... Isto à partida, nunca se sabe...

Estou a acabar o 12.º ano e pretendo ingressar numa destas escolas, mas é difícil saber se o que dizem é o que fazem, e se há emprego garantido... É um grande investimento.
 

·
Registered
Joined
·
589 Posts
Além de que ainda não se pode destacar de nenhuma outra em termos de empregabilidade ou acompanhamento antes de qualquer aluno sair de lá formado. Quanto a empregabilidade não sei até que ponto é que há distinção entre escolas, tirando o caso de há uns anos da AAE ter o tal "meio ponto" nas tabelas da TAP.
Sinceramente acho que estes cursos, neste momento, são um tiro no escuro.
 
1 - 20 of 43 Posts
Top