SkyscraperCity Forum banner
1 - 20 of 149 Posts

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
68,267 Posts


O Uruguai (em castelhano: Uruguay, pronunciado: [uɾuˈɣwaj]), é um país localizado na parte sudeste da América do Sul. Sua população é de cerca de 3,5 milhões de habitantes, dos quais 1,8 milhão vivem na capital, Montevidéu, e em sua área metropolitana.

Estima-se que entre 88% e 94% da população possua ascendência principalmente europeia ou mestiça.[11] A única fronteira terrestre do Uruguai é com o estado brasileiro do Rio Grande do Sul, no norte, sendo a segunda menor fronteira do Brasil com outro país sul-americano. Para o oeste encontra-se o rio Uruguai e a sudoeste situa-se o estuário do rio da Prata. O país faz fronteira com a Argentina apenas em alguns bancos de qualquer um dos rios citados acima, enquanto que a sudeste fica o oceano Atlântico. O Uruguai é o segundo menor país da América do Sul, sendo somente maior que o Suriname.

A Colônia do Sacramento, o mais antigo assentamento europeu no Uruguai, foi fundada pelos portugueses em janeiro de 1680. Em 1777, com o Tratado de Santo Ildefonso, a colônia tornou-se uma possessão espanhola. A cidade de Montevidéu foi fundada pelos espanhóis no século XVIII como uma fortaleza militar. O Uruguai conquistou sua independência do Império do Brasil entre 1810 e 1828, após guerras que envolveram Espanha, Portugal, Argentina, além do próprio Brasil. Atualmente, o país é uma democracia constitucional, onde o presidente cumpre o papel de chefe de Estado e chefe de governo. Segundo a Transparência Internacional, o Uruguai é classificado como o país menos corrupto da América Latina (seguido pelo Chile em segundo).[12]

O Uruguai é um dos países economicamente mais desenvolvidos da América do Sul, com um dos maiores PIB per capita, em 48.º lugar no índice de qualidade de vida (2011) e no 1.º em qualidade de vida/desenvolvimento humano na América Latina, quando a desigualdade é considerada.[13] Foi o país latino-americano melhor classificado no Índice de Prosperidade Legatum.[14] Durante a crise financeira de 2008–2009, o país foi o único do continente americano que não passou por uma recessão econômica técnica (dois trimestres consecutivos de retração).[15] O Uruguai é reembolsado pela Organização das Nações Unidas pela maioria dos seus gastos militares, visto que a maior parte desses gastos é implantada nas forças de paz da ONU.

O país é conhecido por ser pioneiro em medidas relacionadas com direitos civis e democratização da sociedade.[16] Em 1907, foi o primeiro país a legalizar o divórcio e, em 1932, o segundo país da América a conceder às mulheres o direito ao voto.[16] Em 2007, foi o primeiro país sul-americano a legalizar uniões civis entre pessoas do mesmo sexo[17] e a permitir a adoção homoparental.[18] Em 2013, o país se tornou a segunda nação sul-americana a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo[19] e o primeiro do mundo a legalizar o cultivo, a venda e o consumo de cannabis,[20] o que levou a revista britânica The Economist a classificar o Uruguai como o país do ano de 2013, pela promoção de "reformas inovadoras que não se limitam apenas a melhorar um país, mas que, se imitadas, poderiam beneficiar o mundo".[21][22] A Reader's Digest também classificou o Uruguai como o nono país "mais habitável e verde" do mundo e o primeiro na América.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Uruguai












Montevidéu | Montevideo




















wikimedia
 

·
Banned
Joined
·
448 Posts
Para quem não sabe o Brasil não era desse formato que conhecemos hoje em dia...Ao longo da História o Brasil passou por grandes alterações no seu território...E já foi um dos maiores impérios do mundo e depois se tornou uma República..

História do Uruguai​

Colonização​

Os primeiros europeus chegaram à área no início do século XVI. Tanto a Espanha como Portugal tentaram colonizar o futuro Uruguai. Portugal tinha por base a Colônia do Sacramento (na margem oposta a Buenos Aires, no rio da Prata), enquanto a Espanha ocupava Montevidéu, fundada no século XVIII e que veio a tornar-se a capital do futuro país.

Independência​

O início do século XIX viu o surgimento de movimentos de independência por toda a América do Sul, incluindo o Uruguai, então conhecido como a Banda Oriental del Uruguay (isto é, "faixa a leste do rio Uruguai"), cujo território foi disputado pelos estados nascentes do Brasil, herdeiro de Portugal, e da República Argentina, com capital em Buenos Aires, herdeira do Vice-reinado do Prata da Espanha.

Portugal havia recuperado a área a partir de 1816, através de intervenção militar, apoiada pela oligarquia bonaerense, contra a independência de forte cunho social comandada por José Artigas, e anexou-a formalmente em 1821 (ler Incorporação da Cisplatina em História do Brasil). A Banda Oriental passou a fazer parte do Brasil como seu território mais austral, quando em 1822 o país obtém a sua independência de Portugal (vide independência do Brasil). A região passou a fazer parte do nascente império, havendo o cabildo de Montevidéu jurado a Constituição Imperial de 1824, sem ter o direito de o fazer. A 23 de Agosto de 1825, no entanto, setores descontentes com a política agrária em favor dos grandes proprietários de Montevidéu e do Brasil, organizaram movimento de libertação nacional do Uruguai e de sua incorporação às províncias argentinas.
A província austral se tornaria independente com a assinatura do Tratado de Montevidéu, em 1828. As negociações para a independência tiveram a mediação de George Canning, então chefe do Ministério do Exterior britânico, que visava consolidar a livre-navegação do rio da Prata.
De modo a se criar símbolos nacionais ao novo país independente, o sentimento separatista foi vinculado ao General Artigas, que sustentou as lutas contra a anexação da Banda Oriental, seja por Portugal ou pelas Províncias Unidas do Rio da Prata, entre 1810 e 1820. Após 1822, já sob controle do recém-criado Império do Brasil (e não mais da Coroa Portuguesa), o Uruguai inicia o processo final que leva à sua própria independência, que foi satisfatória para os partidários blancos, vinculados aos estancieiros do interior, a separação não desagradou aos colorados de Montevidéu, que tiveram o primeiro presidente constitucional entre seus quadros e se entendiam mal governados pela corte brasileira.


Fonte : wikipédia


Império do Brasil​

Império do Brasil foi o Estado brasileiro existente entre 1822 e 1889, tendo a monarquia constitucional parlamentarista como seu sistema político, sendo regido pela constituição do Império do Brasil de 1824 — a primeira do país. Constituiu-se no 11º maior império da história da humanidade. Precedeu a República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968), depois e atualmente, República Federativa do Brasil (1968-presente). Foi governado por um dos ramos da Casa de Bragança, conhecido como família imperial brasileira. Tendo seu início após a declaração da independência em relação ao Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, em 7 de setembro de 1822, por Dom Pedro de Alcântara (então Príncipe Real do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves e representante do Rei Dom João VI (seu pai) no Brasil) - fundador do Brasil independente e primeiro imperador brasileiro, e seu fim após o golpe de Estado militar que instaurou a forma republicana presidencialista, em 15 de novembro de 1889. Foi dividido em dois períodos e uma regência: o Primeiro Reinado, que se iniciou em 7 de setembro de 1822 e teve por fim quando D. Pedro I abdicou em 7 de abril de 1831, iniciando, então, o período regencial, no mesmo ano, pois o príncipe imperial ainda era uma criança, e o Segundo Reinado, que foi iniciado em 23 de julho de 1840, com a declaração de maioridade e aclamação de D. Pedro II, e perdurado até a proclamação da república brasileira, em 15 de novembro de 1889. Este período da história do Brasil é denominado, tradicionalmente pela historiografia, como "Brasil Império", "Brasil Imperial" e "Brasil Monárquico".

 

·
Banned
Joined
·
448 Posts
Uma curiosidade é que o Uruguai é o único país não lusitano em que o ensino da língua portuguesa é obrigatório assim como o inglês! Há uma ligação cultural, econômica e social muito forte entre o Brasil e a Argentina!
 

·
Registered
Joined
·
20,311 Posts
^^

Não, houve uma colónia portuguesa, fundada por portugueses mas perdida para os espanhóis e depois recuperada, integrada no Império do Brasil depois do nascimento deste e que passados poucos anos declarou a sua independência face ao Brasil... Complicado?:lol:
 

·
Registered
Joined
·
20,311 Posts
Antes que me esqueça... Boas fotos dum país pouco falado em Portugal, e quando o é, é-o quase exlusivamente - por vezes lembram-se que há umas eleições, também... - pelo motivo "futebol"...:nuts:
 

·
Banned
Joined
·
4,510 Posts
Houve uma colónia portuguesa chamada «Império do Brasil» que era parte do Brasil?!
Não, império do Brasil é a designação atribuída ao território que conquistou a independência de Portugal ao qual foi anexada a província de Cisplatina, actual Uruguai. Este estava dividida entre Portugal e Espanha.
 

·
Banned
Joined
·
4,510 Posts
^^

Não, houve uma colónia portuguesa, fundada por portugueses mas perdida para os espanhóis e depois recuperada, integrada no Império do Brasil depois do nascimento deste e que passados poucos anos declarou a sua independência face ao Brasil... Complicado?:lol:
O actual Uruguai era metade tuga metade espanhol, nunca foi totalmente nosso, tal como a Colômbia, tinha uma parte que pertencia à colónia do Brasil e essa sim foi perdida para Espanha.
 

·
Registered
Joined
·
20,311 Posts
Luís, tens razão que nunca foi totalmente nosso... antes da corte se mudar para o Brasil, mas foi-o naqueles poucos anos que mediaram desde a sua (re)conquista em 1816 até à independência do Brasil.
 

·
Banned
Joined
·
4,510 Posts
A América do Sul, à excepção do Brasil e Argentina, é um pouco desconhecida pelos portugueses mas, no entanto, somos dos países europeus que mais elementos da sua paisagem inserimos no nosso país, principalmente no que toca à flora ornamental, isto porque beneficiamos de excelentes condições climatéricas para tal. Esta situação também se estende ao Japão e China, a nossa paisagem e nos nossos jardins, nomeadamente as espécies que em determinada altura se tornaram mais populares nas diversas zonas de Portugal, são oriundas destas zonas do globo e isso é um caso de especial interesse e que só demonstra o saudosismo típico da nossa sociedade que sempre foi global e que hoje mal é tido em conta.
 
1 - 20 of 149 Posts
Top