SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 9 of 9 Posts

·
Troublemaker
Joined
·
2,241 Posts
azurr
zuorrr
:rofl:
bom video,recentemente descobri que ele(David Neeleman)nasceu em SP...
espero que a Azul deslanche realmente
 

·
Registered
Joined
·
2,837 Posts
Poha... fiquei puto quando a jornalista perguntou ao Sr. JetBlue "Why in Brazil?", e rindo...

Acho que a Azul dominará o setor no país em poucos anos, ainda mais ofertando passagens mais baratas com serviços de qualidade, ainda mais porque os aviões serão EMBRAERs.
 

·
Registered
Joined
·
7,546 Posts
^^^^

Acho que são bons pretextos para dominar. E tomara ter um pouco mais de Azul nos aeroportos estou entediados das cores "quentes" predominantes atualmente.
 

·
Inconsciente Coletivo
Joined
·
6,114 Posts
O legal que será uma empresa brasileira, criada por um brasileiro (fala português fluentemente), com aviões brasileiros e com sócios brasileiros.

Essa empresa tem tudo para dar certo, tomara que dê. :)
 

·
Registered
Joined
·
2,837 Posts
^^ paranóia
^^^^

Não acho não... ele, como investidor, conhece o país e sabe onde está colocando o dinheiro, ao contrário da jornalista que tentou a todo momento passar a idéia de que seria mais seguro investir na ampliação da empresa dentro dos EUA.
 

·
Registered
Joined
·
5,655 Posts
Ela só perguntou porque investir no setor aéreo - parece que o setor está ruim lá - e porque no Brasil.

Ela não perguntou "Porque investir no setor aéreo no Brasil!?"
 

·
Registered
Joined
·
10,615 Posts
Exato, JP, aparentemente nós somos um grande mistério para eles, diferentemente dos europeus, que vêm aqui ganhar dinheiro. Até a Vivo (Telefónica e Portugal Telecom) está no lucro, a AES/Eletropaulo manda muito dinheiro para a matriz nos EUA, portanto não é de se estranhar, para um executivo, o investimento aqui; já para o americano comum, não somos muito diferentes da África.
Já o investimento no setor aéreo... Bem, no mundo todo vemos a formação de grandes grupos, nos EUA a consolidação esbarra na questão do monopólio, e na Europa o nacionalismo impede a junção de ainda mais linhas aéreas ao grupo AirFrance/KLM. Enfim, não parece muito inteligente abrir uma empresa. Contudo, todos do SSC sabem que aqui essa é uma indústria crescente, ainda mais com o aumento do poder de compra em centros urbanos mais jovens do Centro-Oeste, Norte e Nordeste.
 
1 - 9 of 9 Posts
Status
Not open for further replies.
Top