Skyscraper City Forum banner
1 - 6 of 6 Posts

·
Home, sweet home
Joined
·
10,753 Posts
Discussion Starter · #1 ·


Penedono é uma vila portuguesa no Distrito de Viseu, Região Norte e subregião do Douro, com cerca de 1 100 habitantes.

É sede de um município com 132,70 km² de área e 3 445 habitantes (2001), subdividido em 9 freguesias. O município é limitado a norte e noroeste pelo município de São João da Pesqueira, a leste por Vila Nova de Foz Côa e por Meda, a sul por Trancoso e a oeste por Sernancelhe.

A vila de Penedono foi berço de Álvaro Gonçalves Coutinho, o célebre Magriço, eternizado por Luís de Camões no poema épico "Os Lusíadas".

O sincelo, congelamento das gotas de água nos telhados das casas, é próprio de uma região habituada a geadas e orvalhos durante o rigoroso o Inverno. "O Sincelo" também é um grupo de cantares de Penedono.

Este é um concelho que vive essencialmente da castanha, a sua maior colheita anual, exportada para os Estados Unidos da América, entre outros mercados.



Ortofoto da vila de Penedono




Penedono é uma vila e um Município praticamente desconhecidos no interior de Portugal.
Depois da minha visita a Marialva e quando já ia a caminho de Vila Flor, decidi fazer um pequeno desvio para ir a Penedono, e não me arrependi nem um pouco! :)


Esta bela estrada rodeada de árvores dá-nos as boas vindas à pequena vila de Penedono.

01.



O belo castelo situado no alto da colina domina toda a vila.
Na cota de 930 metros acima do nível do mar, nada sabemos de suas primitivas configurações. O actual castelo, de pequenas dimensões (com perímetro externo de cerca de 70 metros), data do final do século XIV, com complementos datando da passagem do século XV para o XVI.

Com a função de Solar, apresenta planta hexagonal irregular, com os panos laterais de muralhas ressaltados e protegidos por ameias piramidais. Em pedra de granito e xisto, no setor noroeste, a muralha é reforçada por um cubelo defensivo. Dois outros robustos torreões prismáticos, com contrafortes e mísulas, são coroados por ameias piramidais. No setor sudoeste da muralha destacam-se dois torreões esguios, coroados de ameias piramidais reentrantes, ladeando e protegendo a porta principal do castelo, encimada por um arco pleno que une ambos os torreões defensivos. Por esta acede-se a praça de armas, de pequenas dimensões. Nas suas paredes, observam-se os vestígios das bases do travejamento de madeira dos pisos residenciais, sendo as paredes rasgadas por janelas quadradas ladeadas por bancos de pedra. Num dos ângulos da praças de armas, sob a torre de menagem, inscreve-se a cisterna, de seção poligonal, recoberta por abóbada em cruzaria de ogivas.

O conjunto é completado por uma pequena barbacã, cuja cortina é rasgada por uma porta em arco ogival e pelo adarve.

02.



Nas piscinas Municipais, e num dia de grande calor, a população local aproveitava para se refrescar.

03.



Depois de um óptimo e barato almoço (em Penendono a comida é muito boa e mais barata ainda), dirigímo-nos ao centro da vila.

04.


05.


06.



Centro Cultural de Penedono.

07.



Nas traseiras da Câmara Municipal, podemos ver um engenho que foi utilizado nas batalhas da reconquista cristã.

08.



Monumento aos trabalhadores rurais de Penedono.

09.



Avenida Adriano de Almeida.

10.



Centro de Saúde de Penedono.
11.



Largo Dr. Tosco Tito e Cunha.

12.



Câmara Municipal de Penedono.

13.



Torre do Relógio.

14.



Vistas da Torre do Relógio.

15.


16.


17.



Largo da Devesa e Capela do Calvário.

18.


19.


Mais um engenho de gerra!

20.



Igreja Matriz.

21.


22.



Praça 25 de Abril.

23.


24.



Biblioteca Municipal de Penedono.

25.



Castelo e Pelourinho de Penedono.

26.


27.


28.


29.


30.


31.


32.


33.


34.



Vistas do Castelo.

35.


36.


37.


38.


39.


40.


41.


42.


43.


44.


45.


46.


47.


48.


49.


50.


51.


52.


53.



Penedono, até breve! :wave:
 

·
Home, sweet home
Joined
·
10,753 Posts
Discussion Starter · #4 ·
O castelo foi reconstruído durante o Estado Novo..
Sim, como muitos outros monumentos.
Em 1940, no âmbito das comemorações dos Centenários, promovidas pelo Estado Novo português, o castelo foi alvo de intervenções de consolidação e restauro de panos de muralhas e de torres, parcialmente reconstruídos, a cargo da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais.
 

·
Home, sweet home
Joined
·
10,753 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Oi, Miguel ! Ainda não tinha visto este thread teu...e que linda é Penedono ! Adorei o castelo e com a bandeira de Portugal...ficou mais lindo ainda...:)

Parabéns pelas belíssimas fotos, viu ??

bjks
Obrigado. :)
 
1 - 6 of 6 Posts
Top